quinta-feira, 27 de junho de 2013

O Reino Milenar - Parte 8 / Final.


...continuação.

Importante: O texto a seguir é de autoria de Leandro Lima, pastor efetivo na IPB de Santo Amaro, SP, mestre em Teologia e História pelo Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper e doutor em Letras - Literatura, pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Dificuldades adicionais.

Falar num milênio terreno envolve algumas contradições adicionais: Por que razão, depois dos crentes terem ressuscitado ainda teriam que viver mil anos numa terra imperfeita? De certa forma, as coisas não seriam muito diferentes do que são hoje. Somos convertidos e desejamos uma nova era, porém ainda temos que sofrer com este mundo decaído. Imagine pessoas já ressuscitadas ainda tendo que viver numa terra decaída.

Outra coisa estranha é a idéia de que haverá pessoas com corpo glorificado vivendo junto com pessoas sem corpo glorificado. Que tipo de relacionamento poderia existir entre essas pessoas. Umas morrem, outras são eternas. E como podem as nações se rebelarem contra o Senhor depois do milênio na soltura de Satanás? Não terá adiantado nada os mil anos de prosperidade do Senhor na terra? Finalmente, é muito estranha a idéia de haver salvação depois da vinda do Senhor. Como serão salvos os ímpios durante o milênio? Eles terão que ouvir o Evangelho e crer?

quarta-feira, 26 de junho de 2013

terça-feira, 25 de junho de 2013

segunda-feira, 24 de junho de 2013

O Reino Milenar - Parte 7.

...continuação.

Importante: O texto a seguir é de autoria de Leandro Lima, pastor efetivo na IPB de Santo Amaro, SP, mestre em Teologia e História pelo Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper e doutor em Letras - Literatura, pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.

O Cumprimento das Profecias do AT.

Talvez a maior razão porque os pré-milenistas insistem num reino literal e terreno de mil anos seja por causa de sua visão das profecias do Antigo Testamento. Como já dissemos, não há qualquer texto que fale em mil anos de reino, mas os pré-milenistas olham para as profecias de Isaías, Ezequiel, Amós, Zacarias e outros, que falam sobre um futuro glorioso para Israel, e imaginam que isto acontecerá numa volta futura de Israel das várias nações ao redor do mundo, para a terra da promessa. Pensam que isto precisa se cumprir literalmente. Nesse sentido, vêem o retorno de Israel para a Palestina após a Segunda Grande Guerra, como um indício do cumprimento histórico das profecias.

A interpretação amilenista entende que estas profecias se cumpriram literalmente na volta de Israel do cativeiro da Babilônia, ou se cumprem espiritualmente na igreja que é o Israel no Novo Testamento, ou ainda se cumprem no Novo céu e nova terra. Não há a necessidade de um reino milenar para que elas se cumpram.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

O Reino Milenar - Parte 6.

...continuação.

Importante: O texto a seguir é de autoria de Leandro Lima, pastor efetivo na IPB de Santo Amaro, SP, mestre em Teologia e História pelo Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper e doutor em Letras - Literatura, pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.

A Última Batalha.

Em Apocalipse 20.7-10 há a descrição da rebelião final, onde Satanás reúne as nações para pelejarem contra o Senhor. Que batalha é esta, se no capítulo 19 os inimigos de Cristo já foram destruídos? Que nações são estas cujo número é como a areia do mar, se os homens já foram mortos em Apocalipse 19.21? Na verdade, não são batalhas diferentes, mas duas descrições da mesma batalha. É dito que no fim do milênio, Satanás será solto. Solto de quê? De sua prisão que o incapacitava de enganar as nações a fim de reuni-las contra a igreja de Deus. Note que ele vai seduzir as nações nos quatro cantos da terra.

segunda-feira, 17 de junho de 2013

BTCast #053 - O Bom Samaritano.

Muito bem moçada, mais um BTCast na área. Bibo e Mac recebem o Paulinho do irmaos.com para juntos refletirem sobre essa parábola tão conhecida e tão negligenciada: a do Bom Samaritano. Nesse episódio, veja a importância da parábola para os ouvintes originais e para nós hoje, entenda quem é o nosso próximo e invente uma desculpa para não fazer nada!

Links comentados no episódio:
Arte da vitrine por Junior Peres. Confira o Flickr dele aqui!

Siga-nos no twitter

Curta nossa Fan Page www.facebook.com/bibotalk

Envie seu comentário em áudio para podcast@bibotalk.com

ARQUIVO ZIPADO, clique aqui! - botão direito do mouse e escolha a opção Salvar Destino Como, ou Salvar Link.

DOWNLOAD - para baixar clique com o botão direito do mouse e escolha a opção Salvar Destino Como, ou Salvar Link (Arquivo MP3)

sábado, 15 de junho de 2013

Invencíveis: Cristo e Sua Igreja no Apocalipse - Capítulos 2 e 3.

Série de exposições no livro do Apocalipse ministrada pelo Rev. Leandro Lima na Igreja Presbiteriana de Santo Amaro - SP.

Primeira parte - Sete Exortações à Fé e ao Arrependimento.


quinta-feira, 13 de junho de 2013

O Reino Milenar - Parte 5.

...continuação.

Importante: O texto a seguir é de autoria de Leandro Lima, pastor efetivo na IPB de Santo Amaro, SP, mestre em Teologia e História pelo Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper e doutor em Letras - Literatura, pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Números não literais.

A interpretação literal dos mil anos no texto não se justifica facilmente. Qualquer pré-milenista sabe, por exemplo, que a corrente que prende Satanás não é física, é espiritual. Portanto, ninguém interpreta isto literalmente. Então, por que o número 1000 deve ser interpretado literalmente? Além disso, porque nessa passagem este número deve ser interpretado de forma literal, se todos os outros números do Apocalipse não são? Por exemplo, será que há sete Espíritos Santos, ou apenas um? (Ap 3.1; 4.5). Será que Jesus é literalmente um Cordeiro que tem sete chifres e sete olhos? (Ap 5.6). Será que correu sangue pela morte dos ímpios por 1600 estádios (296 Km)? (Ap 14.20). Será que a Nova Jerusalém possui 12000 estádios (2219 Km)? (Ap 21.16). Evidentemente que ninguém interpreta estes números literalmente, pois são claramente simbólicos. Mas, então por que o número 1000 teria que ser literal em Apocalipse 20.3-4.

segunda-feira, 10 de junho de 2013

O Reino Milenar - Parte 4.

...continuação.

Importante: O texto a seguir é de autoria de Leandro Lima, pastor efetivo na IPB de Santo Amaro, SP, mestre em Teologia e História pelo Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper e doutor em Letras - Literatura, pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Os Santos reinam.

Em seguida, Apocalipse 20.4-6 narra um reinado milenar. Aqueles que seguem uma abordagem cronológica do capítulo 20, dizem que todos estes acontecimentos seguem o 19. Então, na segunda vinda de Jesus, Satanás seria preso, e, em seguida, haveria a primeira ressurreição e os crentes reinariam com Cristo por mil anos na terra. Depois destes mil anos haveria a segunda ressurreição somente dos ímpios para o juízo. Nossa dificuldade com esta interpretação já foi descrita acima. Não cremos que o capítulo 20 seja uma seqüência do 19, mas que recomeça um novo ciclo. Vimos que a derrota e a prisão de Satanás já aconteceram na primeira vinda de Jesus.

quarta-feira, 5 de junho de 2013

O Reino Milenar - Parte 3.


...continuação.

Importante: O texto a seguir é de autoria de Leandro Lima, pastor efetivo na IPB de Santo Amaro, SP, mestre em Teologia e História pelo Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper e doutor em Letras - Literatura, pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Sequência não-cronológica.

Os Pré-Milenistas interpretam o texto de Apocalipse 20 como acontecendo depois da volta de Jesus, porque entendem que o capítulo 20 segue cronologicamente o capítulo 19. Porém, o Apocalipse não é um livro que deva ser lido em ordem cronológica. Narrando coisas que dizem respeito ao fim, João freqüentemente volta aos primórdios do Evangelho a fim de dar o entendimento global da batalha do mal contra o bem.

Ao chegarmos no capítulo 20 do Apocalipse, já fomos informados como praticamente todos os inimigos de Cristo encontrarão o seu fim. Mas, ainda resta um, o pior de todos, Satanás. Sua derrota já foi decretada e anunciada (12.12), mas não foi ainda explicada, pois João deixou esta explicação para o final. João já disse que Satanás perdeu seu lugar no céu, após a batalha com Miguel (Ap 12). O que ele está fazendo no capítulo 20 é demonstrar como foi realmente essa derrota. Não podemos entender Apocalipse 20-22 como sendo uma continuação do capítulo 19.

terça-feira, 4 de junho de 2013

BTCast #052 - Aconselhamento Bíblico.

Muito bem, muito bem, muito bem! Mais um BTCast na área e, novamente, com teologia prática pra edificar a nossa vida. O time completo recebe o Pr. Wilson Porte Jr. para falar sobre aconselhamento bíblico e o seu papel transformador na igreja e na sociedade.
Nesse episódio entenda a importância do aconselhamento para a vida da igreja, veja a origem das crises, saiba onde a psicologia pode ajudar e onde ela atrapalha, aprenda como ser um bom conselheiro e como ser babaca em velório! Ah, nesse episódio o Bibo usou palavras chulas... Pedimos perdão por isso.

Links comentados no episódio:


Conheça o ministério do Pr. Wilson Porte:

Site do rev. Cleidson Pedrosa (IPB) sobre capacitação para evangelismo www.evangelizemais.com.br

Arte da vitrine por Junior Peres. Confira o Flickr dele aqui!

Siga-nos no twitter

Curta nossa Fan Page www.facebook.com/bibotalk

Envie seu comentário em áudio para podcast@bibotalk.com 

ARQUIVO ZIPADO, clique aqui! - botão direito do mouse e escolha a opção Salvar Destino Como, ou Salvar Link.

DOWNLOAD - para baixar clique com o botão direito do mouse e escolha a opção Salvar Destino Como, ou Salvar Link (Arquivo MP3)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...